Contemplo a expressão artística como uma revelação de dentro para fora, um instrumento de autoconhecimento, de aprimoramento e resgate da autenticidade. Permear os caminhos da Arte é traçar um equilíbrio entre consciente-inconsciente, matrizando potencialidades e limitações, rumo à verdadeira identidade do Ser.

Um caminho de humanização inspirado na natureza holística da Arte, à qual cumpre desvelar as florestas e os labirintos internos, devolvendo a liberdade e a essência ao Ser que se expressa... um caminho transpessoal de (re)conexão e de resgate do significado da Vida, uma forma de traçar um (re)encontro consigo mesmo.

Sem comentários:

Enviar um comentário